UMA RESENHA CONTRADITÓRIA DE GUARDIÕES DA GALÁXIA VOL.2

14:10

ADIVINHA QUEM ASSISTIU GUARDIÕES DA GALÁXIA VOL.2? EUZINHA!
Como mencionado no post Filmes de Super-heróis em 2017, Guardiões da Galáxia Vol. 2 (roteiro e direção de James Gunn) era um dos filmes mais esperados do ano e, depois de assistir o anterior, eu tinha que ir no cinema correndo para ver o segundo. 


Diretor(a): James Gunn
Ano: 2017
Nacionalidade: EUA
Nota: ★★★★/5
Sinopse: "Com a Awesome Mixtape #2 como trilha, Guardiões da Galáxia 2 continua as aventuras do time, enquanto atravessam os confins do cosmos. Os Guardiões devem lutar para manter sua nova família unida, enquanto tentam desvendar os mistérios da verdadeira paternidade de Peter Quill. Antigos inimigos se tornam novos aliados e personagens favoritos dos fãs dos quadrinhos clássicos vão ajudar os heróis, enquanto o Universo Cinematográfico Marvel continua a se expandir."

Guardiões da Galáxia já arrecadou mais de 100 milhões de dólares pelo mundo e é uma das apostas da Marvel Studios para esse ano. Depois do sucesso do primeiro filme, que apresentou um visual mais colorido e um clima mais humorístico para o MCU (Universo Cinematográfico da Marvel), os produtores quiseram seguir a mesma linha e apostaram numa direção artística e numa trilha sonora impressionante (a Awesome Mixtape #2 conta com Southern Nights, por Glen Campbell e Father and Son, por Cat Stevens, entre outros clássicos). 

O elenco conta com com Chris Pratt (Peter Quill), Bradley Cooper (Rocket Racoon), Zoë Saldaña (Gamora), Vin Diesel (Groot) e Dave Bautista (Drax).


O filme se passa pouco tempo depois do primeiro (não sabemos ao certo quanto) e os Guardiões da Galáxia já estão estabelecidos como um grupo (ainda que não trabalhem tão bem assim como uma equipe). O conflito começa quando o pai de Peter Quill o encontra e os Guardiões, já desestabilizados, precisam se separar. 

Eu já amaria a história por causa do primeiro filme, mas apesar de ter gostado bastante, senti que algumas coisas ficaram faltando. Como, por exemplo, um núcleo de conflito mais interessante. O filme possui vários “vilões” (talvez anti-heróis seja uma expressão melhor), mas nenhum conflito único. Os Guardiões, nem tão diferente dos outros filmes da Marvel, estão sempre fugindo de alguém. Ficou um pouco cansativo tentar adivinhar quem era a ameaça da vez. 


Minhas expectativas para Guardiões da Galáxia Vol.2 eram que, após terem apresentado e reunido os personagens no primeiro filme, a continuação os abordaria como uma equipe. Porém, o foco é claramente no Peter Quill e não pude deixar de lembrar de Star Wars nessa parte. Não me levem a mal, tem sim uma motivação para tudo isso, mas não pude deixar de me perguntar se foi o suficiente.

Sobre os outros personagens, esperava ver um pouco mais sobre seu desenvolvimento, mas eles só parecem servir como alívio cômico, ou interesse amoroso, ou mascote. O que é bem decepcionante, porque tanto o Rocket Racoon quanto a Gamora, e até mesmo o Groot e o Drax, poderiam ter sido mais abordados (afinal, eles possuem histórias muito boas) ou pelo menos não terem sido reduzidos a personagens tão secundários, quando o filme se chama Guardiões da Galáxia. 


No entanto, achei a história e o enredo consistentes e o filme completa tudo isso com uma ótima trilha sonora e direção de arte. O humor seguiu a mesma linha do filme anterior, mas em maior escala, o que tem seus pontos positivos (deixa o filme divertido) e negativos (tira impacto de cenas emocionantes). O fim foi meio contraditória: a resolução do conflito foi boa, mas ainda fiquei com aquela sensação de que faltava mais alguma coisinha para um excelente final. 

Por fim, se o filme tinha a função de abrir mais espaço para o MCU (Universo Cinematográfico da Marvel), cumpriu seu trabalho, mas como sequência de Guardiões da Galáxia (um filme muito bom, por sinal), não foi tão bem sucedido. Apesar de eu ter sentido falta de alguma coisinhas, a trilha sonora, a direção de arte e os personagens (que sim, reclamei um pouquinho, mas amei poder rever do mesmo jeito) fizeram as duas horas e pouco que passei no cinema valerem a pena.


Essa resenha foi meio dura, né? Eu não estava esperando falar tanta coisa ruim porque, acreditem ou não, eu gostei bastante do filme. Enfim, comentem aí embaixo se querem (ou não) assistir Guardiões da Galáxia Vol. 2 e/ou suas opiniões sobre ele!




You Might Also Like

16 comentários

  1. Sabe que eu acho que tudo isso foi proposital? O foco no Peter era claro quando anunciaram que seria revelado o pai dele, a Gamora de forma ou outra tinha de mostrar que se importava com ele nem que seja como membro da equipe. O fato do Rocket e o Drax estarem mais "engraçados" eu acho que foi consequência de enredo mesmo e o baby Groot tinha que ser a "coisinha fofa que todo mundo quer". Eu particularmente amei o filme, mas ja amava o primeiro então minha opinião pode ter essa influencia... hahaha Beijoo

    Coisa da Lud

    ResponderExcluir
  2. Resenha bem contraditória mesmo hahahahah. Mas te entendo. Muitas pessoas tiveram uma sensação parecida a sua.
    Eu, ao contrário amei o filme, ele superou todas as minhas expectativas. Acho que os personagens caíram bem mais pro humor nesse filme, mas essa é a coisa de Guardiões, é um filme despretensioso, com personagens improváveis que juntos dão muito certo e formam uma família. Achei que nesse filme eles ficaram bem mais nos outros personagens, mesmo o foco central ter sido a história do pai do Star Lord, tanto é que temos várias cenas com os personagens isolados, justamente para dar mais destaques a eles. Enfim, amei o filme hahahaha.
    Só a trilha é que foi mais fraquinha.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Eu assisti ao filme e tive uma experiência maravilha, talvez até melhor do que quando assisti ao primeiro. Eu estava esperando muito dessa continuação e não me decepcionei em nenhum momento. Claro que em todo filme há seus altos e baixos, e isso varia de cada pessoa, então é compreensível a sua opinião. Só espero que os próximos consigam te deixar uma impressão melhor, e também para aqueles que não gostaram.

    http://sonhandoatravesdepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu tive uma impressão bem diferente da sua quando assisti o filme. Eu gostei bastante da forma como esse segundo filme abordou os conflitos e achei que o foco ficou bem distribuído entre os personagens. A Gamora tem uma chance de contar sua história com a Nebula, por exemplo. Mas claro que a experiência de cada um assistindo o filme é diferente.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  5. Ainda não vi, e a cada nova resenha eu fico mais curiosa ainda para ver o que eles conseguiram desenvolver da historias, sou muito apaixonada com o primeiro e espero de coração que esse esteja melhor.

    www.coisasdemineira.com

    ResponderExcluir
  6. Não achei a resenha muito dura não. Talvez seja porque eu gosto de resenhas negativas haha
    Mas gostei de ver esse seu ponto de vista, assim quando eu for assistir o filme já vou preparada. Ótima resenha ♥

    Epílogo em Branco

    ResponderExcluir
  7. Sou mil vezes mais o primeiro filme que o segundo. Acho que ele caiu muito, poderiam ter feito cenas melhores de luta, mas preferiram usar a comédia para não perder fãs (provavelmente), e tiveram outras coisas que me incomodaram bastante. Enfim, amei seu blog <3 Parabéns por ele e por esse post!
    Beijos
    http://www.as365coresdouniverso.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ainda não assisti o volume 2 porque o primeiro é tão divertido que me deu um receio de que a continuação perdesse a linha. Pelo menos já vou ver diminuindo as expectativas.

    www.coadjuvando.com.br

    ResponderExcluir
  9. Babe, eu li a sua crítica com um olho fechado e outro aberto, porque senti que iria ler algum spoiler e como não assisti o segundo ainda resolvi não arriscar! Com certeza, "Os Guardiões da Galáxia" é o meu favorito da Marvel e não vejo a hora de assistir o Volume 2 <3
    PS: Adorei o título do seu post! Haha

    Beijos da Supimpa Girl

    ResponderExcluir
  10. Não consegui ler toda sua resenha, mas assim que eu assistir o filme, volto para ler tudo e te contar o que achei sobre o filme!

    ResponderExcluir
  11. Eu achei o filme maravilhoso justamente pelo alivio cômico, até no climax, no momento decisivo da luta final, os caras conseguem colocar piadinha. Mas realmente foi um filme meio "Peter Quill e seus amigos". Mas eu não sou muito fã de aventuras estelares e dos Guardiões em si, então eu só achei legal e ponto. Acho que o filme serviu mais como um ponto inicial para chegarem na Guerra Infinita.

    Bites!
    Tary Belmont

    ResponderExcluir
  12. Eu amei o filme, ri e me diverti bastante, mas não posso deixar de falar que concordo com você nos pontos negativos que mostrou. Também achei que faltou um conflito único. Mesmo assim, acho que está incrível e vale as horas no cinema. Também curti muito as várias cenas pós créditos :D

    ResponderExcluir
  13. Sendo bem sincera: não vi e nem verei porque vi o primeiro e não gostei, ou seja... Mas, quanto a sua resenha: é importante mostrar pontos negativos nas coisas. E, olha, não achei o que você disse tão negativo assim, não. Porém, é sempre, sempre válido ter uma visão crítica.

    ;*

    ResponderExcluir
  14. Eu não amo tanto assim Os Guardiões. Acho que sou umas das poucas. Ainda não vi esse segundo. Vou deixar pra ver na tv. Sobre essa questão de focar mais em um personagem. Acho que isso acontece muito com os filme que tem equipe. Eu nunca consigo ver todos como protagonista.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Eu acabei de ver o filme, sério! hahahaha
    Guria, eu gostei demais, mas achei que faltou algumas coisas que você citou. Eles deixaram muita coisa comica, o que tirava a importancia de certos conflitos ou coisas, mas eu gostei bastante.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Ainda não consegui assistir ao filme, mas compreendo a sua resenha.
    Também achei que era focado na equipe, com pequenos destaques do Peter.
    Ainda gosto mais da trilha do volume 1, acho mais divertida. rsrs

    ResponderExcluir

últimas postagens

Licença Creative Commons
Não Se Preocupe Com Isso de Júlia Miyashiro está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional