Um Não-Tão-Breve-Comentário sobre A Esperança - O Final

00:18

Ei, pessoas, tudo numa boa? Então, estou aqui para dar o meu "breve comentário" sobre A Esperança - O Final. Só que, muito provavelmente, não é uma boa ideia porque a) eu peguei uma das últimas sessões do cinema, o que significa que agora é muito tarde e b) tenho essa regrinha contra escrever algo imediatamente depois de ler/assistir um livro/filme. 
eu contei minha opinião sobre um dos filmes mais esperados de 2015, A Esperança - O Final, o último filme da franquia Jogos VorazesDiretor(a): Francis Lawrence
Gênero: Drama, Aventura, Ficção Científica
Elenco: Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Julianne Moore, Donald Sutherland, Woody Harrelson
Nacionalidade: EUA
Nota: ★★★★★
Sinopse: Não recomendado para menores de 14 anoAinda se recuperando do choque de ver Peeta (Josh Hutcherson) contra si, Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) é enviada ao Distrito 2 pela presidente Coin (Julianne Moore). Lá ela ajuda a convencer os moradores locais a se rebelarem contra a Capital. Com todos os distritos unidos, tem início o ataque decisivo contra o presidente Snow (Donald Sutherland). Só que Katniss tem seus próprios planos para o combate e, para levá-los adiante, precisa da ajuda de Gale (Liam Hemsworth), Finnick (Sam Claflin), Cressida (Natalie Dormer), Pollux (Elder Henson) e do próprio Peeta, enviado para compôr sua equipe.
Mas, deixando tudo isso de lado, realmente não posso esperar para começar a parte do eu-conto-o-que-achei-e-tal. 

A Esperança - O Final é um título bem autoexplicativo, considerando que este quarto filme encerra de vez a tão adorada franquia Jogos Vorazes (iniciada em 2012). Só por causa disso, minhas expectativas estavam bastante elevadas e me sinto muito feliz em dizer que todas elas foram atendidas. 

Novamente, os atores não me decepcionaram (elogios principalmente ao Presidente Snow, à Katniss Everdeen e à Coin, que definitivamente merecem menções honrosas), assim como o diretor (Francis Lawrence) que conseguiu dar vida à uma excelente história. Mesmo tendo lido o livro há um tempinho atrás, ainda consegui aproveitar muito bem toda a adaptação, do começo ao fim. O que não significa, por exemplo, que o filme não seja fiel à obra literária de Suzane Collins. Na verdade, ambos são incrivelmente parecidos. 

Porém, como nem tudo é um mar de rosas, houve alguns pontos que me frustraram, mas nada que me fizesse odiar a adaptação Um deles foi o excesso de ação, a repetição incansável da trilha sonora de suspense. Sim, eu entendo que o filme retrata uma guerra, uma revolução, mas algumas coisas foram simplesmente desnecessárias. 

Enfim, depois desse não-tão-breve-comentário, só tenho uma única sugestão: vá agora mesmo ao cinema para assistir A Esperança - O Final e depois volte aqui para a gente conversar ;)

Até mais, pessoas. 

You Might Also Like

2 comentários

  1. Juuuh, foi show!
    Eu e a Gabi também fomos quarta assistir esse filme no cinema e valeu a pena pegar uma sessão 3D (detesto) e tarde da noite. Fiquei bastante satisfeita com a adaptação. Mas concordo que eles exageraram nas musiquinhas de fundo haha.
    Já tô com saudades T-T
    XOXO - Anne

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Annnnneee! Eu também fiquei bastante satisfeita (apesar de nem de longe ser meu filme preferido de todos os tempos) e também valeu a pena pegar a última sessão (mesmo estando em semana de provas)... Eu já estou triste por não ter mais da franquia :(
      Bjs, Juh.
      P.S: Também odeio filmes 3D por motivo de já-uso-um-óculos-migos...

      Excluir

últimas postagens

Licença Creative Commons
Não Se Preocupe Com Isso de Júlia Miyashiro está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional