#MLI2015 | Resumo da Maratona: Eu floooopeeei

21:35

Ei, pessoas, tudo numa boa? Bom, comigo nem tanto, já que a Maratona Literária de Inverno 2015 acabou e, como provavelmente devem ter adivinhado pelo título do post, foi desastrosa.

flop = fracasso

Para começar,  acabei "pegando" uma ressaca literária durante a segunda semana, o que me desanimou um pouco. Porém, definitivamente, o motivo de eu ter lido apenas oito livros e meio, dos doze que pretendia, é que, nessas férias, descobri o real significado de estar viciada em séries. É sério, também estou querendo escrever um post sobre isso em breve, então se preparem... 

Ok, voltando ao assunto importante, a Maratona, para mim foi um fracasso, mas, por incrível que pareça, aconteceram umas coisas bem legais. 

Como, por exemplo, o fato de que voltei a usar o Twitter! Uma rede social que estava parcialmente abandonada... Outra coisa muito boa é que, mesmo tendo lido pouco, acabei achando alguns livros muito bons e, por isso, de última hora, resolvi fazer um hanking de melhores leituras da Maratona. Prontos ou não? Here it come ;)

***

Sinopse: Seis anos atrás, Lucy Kincaid foi atacada e quase morta por um predador que conheceu online. Ela sobreviveu. Seu agressor não. Agora o objetivo de Lucy é juntar-se ao FBI e lutar contra o cyber-crime, mas nesse meio tempo, ela é voluntária em um grupo de direitos das vítimas, navegando na internet disfarçada para enganar e atrair agressores sexuais para as mãos da lei. Mas quando os predadores que ela caça começam a aparecer como vítimas de assassinatos, o FBI tem todo um novo interesse por Lucy. Com seu futuro e possivelmente até sua liberdade em perigo, Lucy descobre que ela é um peão na história de alguém para obter justiça. Ela junta suas forças com o especialista em segurança Sean Rogan e, juntos, eles traçam seu caminho desde salas de chat online até as ruas de Washington, DC. Mas outra pessoa está seguindo-os: um perseguidor tem os olhos em Lucy. O úncio jeito de ela escapar de sua brutalidade pode ser outra luta até a morte.



Não necessariamente desgostei desse livro. Mas realmente esperava um pouco mais. Como já disse antes, há algumas pequenas falhas do tipo: personagens que aparecem do nada, protagonistas não-protagonistas e, claro, uma leitura um pouco lenta. De qualquer forma, só para esclarecer, ainda gostei bastante, porém, comparando aos outros dessa lista, o oitavo lugar é merecido.

  

Sinopse: Desde a terrível guerra nuclear que assolou a Terra, a humanidade passou a viver em espaçonaves a milhares de quilômetros de seu planeta natal. Mas com uma população em crescimento e recursos se tornando escassos, governantes sabem que devem encontrar uma solução. Cem delinquentes juvenis — considerados gastos inúteis para a sociedade restrita — serão mandados em uma missão extremamente perigosa: recolonizar a Terra. Essa poderá ser a segunda chance da vida deles... ou uma missão suicida.








Li Os Escolhidos incrivelmente rápido e isso definitivamente conta alguns pontos. Todavia, não achei que as páginas foram totalmente aproveitadas, nem achei os personagens muito interessantes. Sim, quero conferir a série e o resto dos livros, mas, não, não foi uma leitura perfeita, só boa.


Sinopse: Em Apenas um Dia, os momentos de paixão entre Allyson e Willem foram interrompidos de maneira abrupta, lançando a jovem em um abismo de questionamentos e dor. Agora a história é contada pela voz de Willem. Sem saber exatamente o que o atraiu na garota de olhos grandes e jeito comportado, o rapaz inicia uma busca obsessiva por pistas que levem até a sua Lulu mesmo sem saber sequer o seu nome verdadeiro.
Enquanto tenta compreender o mistério que os separou, Willem se esforça para costurar relacionamentos desgastados e procura respostas para o futuro. Mais do que uma aventura de verão, o encontro em Paris significou para ele o início da vida adulta. Da mesma autora dos best-sellers Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi,
Apenas um Ano reúne todos os ingredientes de um romance imperdível: viagens, saudade, encontros, desencontros e amor.



Também já deixei clara a minha decepção por esse livro, né? Mas, ao contrário do que algumas pessoas pensam, foi uma leitura excelente, principalmente porque me fez conhecer e confiar mais no "mocinho" da história. Fora que, sem dúvida, começar uma Maratona com Gayle Forman é sensacional. A leitura é leve, mas nem tanto assim. Clichê, mas nem tão previsível. E fofo, muito fofo. 


Sinopse: Conheça o caminho da assassina. Pavimentado com sangue, lágrimas e suor. Implacável, sedutora, letal. Poucos conhecem seu rosto, menos ainda sobrevivem à sua fúria. Não à toa Celaena Sardothian é sinônimo de morte. Suas lâminas são certeiras, assim como seu estranho código de honra e seu aguçado senso de justiça. Mas como uma menina, encontrada agonizando pelo rei dos Assassinos de Adarlan, se tornaria a campeã do rei? Disputada pelo capitão da guarda real e o próprio príncipe herdeiro? No centro de intrigas políticas? 
Acompanhe Celaena vencer um lorde pirata e toda sua tripulação; o encontro como uma curandeira; seu treinamento com o Mestre Mudo, senhor dos assassinos silenciosos, nas dunas do deserto Vermelho; a prisão nas Minas de Sal de Endovier; ou, ainda, sua luta contra o mais escorregadio e traiçoeiro dos adversários — o próprio coração.




Esse livro de contos me satisfez em questão de história (o final acabou comigo), mas não superou minhas expectativas. Admito que as elevei até um nível nem tão saudável e, provavelmente por isso, a leitura não foi tão boa. Porém, não consegui encontrar pontos negativos no livro em si. O enredo, os personagens, a narrativa... Tudo foi construído excelentemente bem.


Sinopse: Alina Starkov nunca esperou muito da vida. Órfã de guerra, ela tem uma única certeza: o apoio de seu melhor amigo, Maly, e sua inconveniente paixão por ele. Cartógrafa de seu regimento militar, em uma das expedições que precisa fazer à Dobra das Sombras – uma faixa anômala de escuridão repleta dos temíveis predadores volcras –, Alina vê Maly ser atacado pelos monstros e ficar brutalmente ferido. Seu instinto a leva a protegê-lo, quando inesperadamente ela vê revelado um poder latente que nunca suspeitou ter.
A partir disso, é arrancada de seu mundo conhecido e levada da corte real para ser treinada como um dos Grishas, a elite mágica liderada pelo misterioso Darkling. Com o extraordinário poder de Alina em seu arsenal, ele acredita que poderá finalmente destruir a Dobra das Sombras.
Agora, ela terá de dominar e aprimorar seu dom especial e de algum modo adaptar-se à sua nova vida sem Maly. Mas nesse extravagante mundo nada é o que parece. As sombrias ameaças ao reino crescem cada vez mais, assim como a atração de Alina pelo Darkling, e ela acabará descobrindo um segredo que poderá dividir seu coração – e seu mundo – em dois. E isso pode determinar sua ruína ou seu triunfo.

Sombra e Ossos definitivamente me surpreendeu. A única coisa que sabia até começar o livro era o gênero, fantasia, e mais nada. Entretanto, a história e os personagens foram me conquistando aos poucos.. Adorei ver o crescimento da protagonista, assim como conhecer gradativamente o resto dos elementos que companhem a trama, 


Sinopse: Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme.Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou
na vida real.
Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto.
Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências. Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?

Esse romance é o primeiro livro que li da Rainbow Rowell, uma autora que há muito tempo vinha sendo recomendada, e não me arrependi nenhum pouquinho. Tudo nele é simples, mas bem escrito. O enredo nos vicia e não posso deixar de comentar que, em termos de Chick-Lit, esse foi um dos melhores que já li.


Sinopse: Uma garota surge de repente no caminho da adolescente Piddy Sanchez para avisá-la de que Yaqui Delgado vai acabar com ela. Piddy acabou de mudar de escola e nem faz ideia de quem seja Yaqui, muito menos do que pode ter feito de tão errado para apanhar. Mas Yaqui sabe quem ela é, e a odeia.

Piddy Sanchez não tem descanso. Ser filha de uma imigrante cubana nos Estados Unidos e crescer sem pai já era bem difícil sem ter alguém a odiando. No ensino médio da nova escola, seu corpo atraente desperta tanto os olhares dos meninos quanto o da esquentada Yaqui, que começa atacando a novata com ameaças cruéis, mas demonstra ser capaz de muito mais que isso, tornando a vida de Piddy um verdadeiro inferno dominado pelo medo. Denunciar Yaqui não é uma opção. Fugir não adianta. O importante agora é sobreviver.

O romance explora a questão do bullying nas escolas e fala de violência doméstica, assuntos que vêm sendo cada vez mais discutidos atualmente, por afetar muitas crianças e adolescentes.


Ainda estou preparando a resenha desse livro, então não quero revelar muito. Apesar de já saber que a leitura iria ser muito boa (olha esse título?), foi uma surpresa o quanto me impressionou. Não só porque fala sobre Bullying de um jeito novo e despretensioso (o foco não está aí), mas principalmente porque é um livro normal. Personagens normais, lidando com problemas normais, em situações normais. 


Sinopse: Depois da primeira onda, só restou a escuridão. Depois da segunda onda, somente os que tiveram sorte sobreviveram. Depois da terceira onda, somente os que não tiveram sorte sobreviveram. Depois da quarta onda, só há uma regra: não confie em ninguém. Agora inicia-se A QUINTA ONDA. No alvorecer da quinta onda, em um trecho isolado da rodovia, Cassie foge deles. Os seres que parecem humanos, que andam pelo campo matando qualquer um. Que dispersaram os últimos sobreviventes da Terra. Cassie acredita que, estar sozinho é estar vivo, até que conhece Evan Walker. Sedutor e misterioso, Evan Walker pode ser a única esperança de Cassie para resgatar seu irmão — ou até a si mesma. Mas Cassie deve escolher entre a esperança e o desespero, entre a rebeldia e a entrega, entre a vida e a morte. Entre desistir ou contra atacar.




Bem recentemente, escrevi uma resenha sobre esse livro aqui e, por isso, me recuso a contar mais sobre ele. Só digo uma coisa: ele merece estar no primeiro lugar desse hanking. Para entender mais, é só clicar aqui

***

Então é isso, gente. Espero que tenham gostado. Mas, e vocês? Qual é o seu top 3 da Maratona? Comente aí embaixo ;)

Até mais, pessoas.
P.S: Ah, e o Pratelivros, blog parceiro aqui do Não Se Preocupe, está sorteando um livro. Clique aqui para ver.  

You Might Also Like

10 comentários

  1. Também não consegui terminar minha lista, mas para a primeira maratona até que valeu a pena.
    Minha lista ficou bem modesta...rsrs... Você leu um monte :)
    SUA ESTANTE
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ótimo saber que não afundei no flop sozinha, kkk... Quanto a minha TBR, eu só escolhi 12 livros porque não é a minha primeira Maratona ;) Eu participei da de Verão, e consegui cumprir as minhas metas...
      Bjs, Juh.

      Excluir
  2. Eu não flopei!! Estou me sentindo bem orgulhosa, mas vc arrasou tmb. Sombre e ossos e Fangirl sao meus preferidos! O que achou deles?
    Beijos
    www.jevasques.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que inveja de voê T-T ;) Eu flopei feeeio, mas ok (culpo totalmente Rupaul's Drag Race, Bates Motel e Sense 8)...
      Sobre Fangirl e Sombra e Ossos, ambos me surpreenderam muuuito! Adorei os dois *--*
      Bjs, Juh

      Excluir
  3. "Se Eu Morrer Antes de Você " está na minha estante a muito tempo e ainda não li. hahaha Em breve, em breve!

    Seguindo o blog! ;**
    http://postandotrechos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se Eu Morrer Antes de Você está mofando na sua estante??? Isso é quase um crime, kkk!!! Agora, falando sério, é um livro muito bom ;)
      Bjs, Juh.
      P.S: Você é uma pessoa sensacional por seguir o Não Se Preocupe, viu??? *--*

      Excluir
  4. A Quinta Onda é um livro perfeito, pena que a continuação estraga COMPLETAMENTE! Ai, preciso ler fangirl logo, mas depois de Eleanor e Park e de como ele mexeu comigo, fico receoso.

    Seguindo o blog já!

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calma aí... ISSO FOI QUASE UM SPOILER DE MAR INFINITO??? Eu estou tão, tão ansiosa para ler a continuação de a Quinta Onda que vou *drama on* me matar se ficar ruim T-T
      Ah, e no meu caso é o contrário. Eu ainda não li Eleanor e Park, porque estou com medo de ser meio dark demais... O legal, pra mim, da Rainbow é a leitura leve e eu tenho a impressão de que pode não ser bem assim com E&P, entende??
      Bjs, Juh.
      P.S: muuuito obrigada por seguuir o blog ;)

      Excluir
  5. Chocada que você leu tudo isso... Quem me dera ter tempo de reviver meus tempos de leituras... aproveite mesmo, desfrute e busque cada dia mais conhecimento, Deus abençoa os que se esforçam e amam o que fazem! Beijos.

    *O que quer dizer eu "flopei"... #Envergonhada

    www.assuntosdemulheres.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flopamos juntas?? Uhuu >..< eu estava achando que era uma forever alone nesse mundo de flops, mas não, eu acabei descobrindo que não estou sozinha, kkk... Boa sorte pra gente na próxima ;)
      Bjs, Juh.

      Excluir

últimas postagens

Licença Creative Commons
Não Se Preocupe Com Isso de Júlia Miyashiro está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional