MAC | Top 5 Melhores/Piores Livros do Ano

23:37

Ei, pessoas, tudo numa boa? Então, interrompendo um pouquinho as postagens da Maratona Literária, eu decidi fazer uma lista de melhores e piores leituras do ano (para o caso de não terem lido o título, hehehe...). 


Os Melhores


1. Jogos Vorazes


Com certeza, a melhor leitura do ano foi Jogos Vorazes. Na verdade, todos da trilogia. O universo, os personagens, o enredo, a ideia. São todos perfeitos. 

2. A Lista Negra


A Lista Negra foi o melhor drama do ano e certamente o livro que mais me fez chorar...

3. Cartas de Amor aos Mortos.


Quem já leu esse livro sabe do que estou falando, sabe que esse livro precisa estar nessa lista, né?

4. Todo Dia


Todo Dia me conquistou nas primeiras páginas, assim como o A, as reflexões o enredo, o final... Enfim, TUDO.

5. O Lado Mais Sombrio.


O Lado Mais Sombrio é simplesmente a melhor releitura que eu já li. Ele tem personagens maravilhosos, um universo fantástico e é escrito perfeitamente...  

Os Piores


1. Os Imortais, Alyson Noël.


Eu odiei todos os seis (SEIS!) livros da série. Eu achei a escrita da autora maçante, o enredo ridículo, os personagens chatos e inúteis e o final sem sal. Resumindo, uma grande perda de tempo...

2. A Seleção, Kiera Cass.


A Seleção (o primeiro livro), não é tão ruim, para falar a verdade. O meu problema é com a continuação. Eu odiei o modo como a autora estragou uma ideia que era para ser fantástica com personagens "meia-boca", um vilão desnecessário e, claro, um romance completamente absurdo.

3. A Conquista, Ally Condie.


A trilogia Matched inteira foi um pouco consativa, mas o último livro realmente mereceu seu lugar nos piores livros do ano. Houve milhares de coisas sem-sentido e esquisitas, fora que o romance (também) foi extremamente chato... 

4. O Clã dos Magos, Trudi Canavan.


O Clã dos Magos foi uma das poucas coleções/trilogias que eu não consegui terminar. É muito previsível e cansativo... mas, acho que talvez, quem sabe, eu possa continuar um dia...

5. A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista, Jennifer E. Smith.


Esse livro não foi de todo pior, acho que o enredo é muito clichê, os personagens são cheios de "mimimi" e houve várias coisas que me irritaram (tipo a relação do pai com a personagem principal)... Peraí, acho que esse livro foi sim horrível...

Então, pessoas, gostaram? Se irritaram? Concordam? Comentem aí em baixo, beleza?

Até mais, pessoas. 

P.S: Ah, e lembrem-se que daqui a pouco eu volto com a Maratona Literária, ok?  

You Might Also Like

0 comentários

últimas postagens

Licença Creative Commons
Não Se Preocupe Com Isso de Júlia Miyashiro está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional